quarta-feira, 24 de setembro de 2008


BEM-VINDOS
A um lugar para exercitar a osmose de uma fase dentro da trincheira!


E tudo começou quando pensei em tudo que eu queria que entrasse ou saísse da minha vida, da minha rotina. Uma questão de ESCOLHA!

Então... ESCOLHA.... você é impermeável a que???




Já faz anos que descobri nas páginas amarelas pessoas e empresas que impermeabilizam sofás, não teve como não achar isto o máximo dos máximos, mesmo não tendo uma vida doméstica que fosse compatível a achar sofás limpos o número um das pretensões humanas, mas, achei que o poder deixar um sofá suceptível a restos de comida, vinho e gotas de café sem se preocupar com a limpeza, o máximo! Uma camada de algum produto quimicamente poderoso e pronto, nada de mau passaria para meu sofá!Ah, nem um resquício do pó do último agosto ou da última ceia do Natal. Impermeabilização. A boa açao para com aqueles que acham que a osmose ou qualquer reação química de intereçao de fluidos não é uma coisa plausível e interessante para se acontecer. Pronto sou um sofá. Fui poderosamente impermeabilizada. A algum tempo começei a ficar impermeável. Ou muito e imensamente seletiva a que ser permeável.Um filtro emocional e quimico poderoso e didaticamente exposto e trabalhado ao longo dos dias. Já não me deixo exposta e vulnenárel a sentimentos que tragam manchas e gotas de insatisfação ou liquidez de alma. Racionalizo em cada mau pensamento, em cada olhar atravesado, em cada palavra férrea que possa me dispertar sentidos desagradáveis. Mentalizo a química poderosa em uma osmose bélica vencedora ond e o que é mau transforma-se atraves em uma explosão celular metabólica em purpurina mágica invadindo cada vaso e orgão do corpo com uma luz e um brilho permeável a vida que procuro. IMPERMEABILIZADA, deixo um processo de evolução entrar por entre espaços vácuos antigos a força da criação. O medo fagocitado transforma-se em restos necroticos dissolvidos no limbo. Nada das marcas dos momentos cheios de duvida do último agosto ou das manchas dos momentos melancolicos do último Natal, tudo é filtrado, equilibrio total biofisico na transferência osmotica. Eu sentada no sofá olhando, meditando, me surpreendendo……






4 comentários:

Madrecita disse...

a sua estréia triunfante é algo mravilhoso, que idéia linda e que inspiração e exercicio!estou com vc nessa!

bjs

impermeável disse...

A arte de escrever revela alma do autor e de quem lê. Parabens por perfurar as almas egnorantes!!!
Andrea

Anônimo disse...

A arte de escrever revela alma do autor e de quem lê. Parabens por perfurar as almas egnorantes!!!
Andrea

leandro ferraz disse...

Não sei se consiguirei, não sei se isto é possível, mas busco ser impermeável às relações humanas. Não quer dizer que não as procurarei, que não me relacionarei. Só não quero ficar preso a tal ponto que qualquer ruptura deixe a sensação de que o mundo desabou, de que a vida acabou. Coisas são passageiras, e pessoas? Será que também são?

Valeu pela visita. E as outras técnicas? Você deu um salto da técnica 05 para a 10...