terça-feira, 18 de agosto de 2009

FEMINISMO

Estou indo.
Você ficando, não esqueça:

dê comida ao cachoro
recolha roupa do varal
leve lixo para a rua
troque a água do aquário
regue as plantas

E se eu nao voltar

Me esqueça!

7 comentários:

POPI by Paula disse...

Fiz quase tudo isso e mais um pouco hoje....
Ser mulher é ser multi!!!
queria ser sua seguidora, mas vc não tem...
snif!!
bjus querida,
paula

mAdReCiTa disse...

se eu não voltar manda me procurar por que algo deu erradono caminho....amo voltar!
bjs

Clara disse...

só queria dizer uma coisa:
PUTA QUE PARIU!!!!!!!

Anônimo disse...

Ah, loirona! mas que eu iria te buscar, iria!!!

angelo alfonsin disse...

...eu também !

Hegli disse...

Nossa,CARACA, hj é um dia em que eu adoraria recitar esse poema (e realizar o surpreendente final).

PQP, que inspiraçao mulher...

Mas aí volto a vida real e vou recolher a roupa do varal, bjus, rs

Pattiê que fica, disse...

hoje eu lavei roupa e não as pendurei... estão até agora lá, na máquina, me esperando. devo dizer à elas que se eu não voltar deverão me esquecer? ó duvida cruel... (risos).

adorei o poema, e o feminismo sutil. e adorei seu blog. =)

obrigada pela visita lá nos meus!

beijos