domingo, 24 de outubro de 2010

Mãos Dadas (rascunhando)

Mãos dadas

Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considere a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.
Não serei o cantor de uma mulher, de uma história.
Não direi suspiros ao anoitecer, a paisagem vista na janela.
Não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida.
Não fugirei para ilhas nem serei raptado por serafins.
O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente



(quando a inspiraçao anda sumida pelo cotidiano que terrivelmente nos consome é justo apelar para iluminações santas do grande poeta: Rogai por nós, Carlos Drummond de Andrade)



Enquanto, discretamente, passava seus dedos nos braços dele até chegar nas mãos fortes em espera de afago, notava que seus olhos traçavam o mesmo caminho até olharem cheios de apreensão ao enlaçar firmes de mãos e só então, depois das mãos dadas, é que os olhos se encontraram com um quê de medo, uma porção de frustração, tristeza e de mãos dados se sentiram sumariamente encurralados.

Havia o medo real que depois daquela noite se perdessem um do outro em seus caminhos, foi por isto, que passaram a noite de mãos dadas. A cada nova posição que os deixassem mais próximos em seus sonhos mantinham-se sempre com mãos unidas. Horas somente uma, horas somente dedos que se tocavam, horas, quando o perigo parecia maior, davam-se as duas mãos um ao outro.

Quando veio o dia claro, seus corpos e mãos ainda estavam enlaçados, inocentemente se sentiram salvos. E veio a despedida, as mãos separadas, mãos em abano.

O corredor é longo… as mãos, que mascaram a saudade a disfarçar o risco, agora soltas em caminhos da vida presente, do tempo presente.




6 comentários:

★★ GIZA ★★ disse...

OLA
ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
ME FAÇA UMA VISITA:
WWW.FLORDELOTUS29.BLOGSPOT.COM
ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
BEIJOS

★★ GIZA ★★ disse...

OLA
ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
ME FAÇA UMA VISITA:
WWW.FLORDELOTUS29.BLOGSPOT.COM
ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
BEIJOS

Anga Mazle disse...

Nada mais sensato, Renata, que pedir uma mãozinha aos bons poetas e se deixar levar por eles, rumo a regiões que parecem estar além da nossa capacidade individual de criação. Parecem, eu disse, pois o que é essa "mãozinha" senão a manifestação da inspiração?... E quando nos damos conta, já estamos nas nuvens, caminhando com nossos pés, ou muito além delas, voando com nossas próprias asas!

Beijos

Cacá disse...

você fez uma interpretação sem crítica literáris, um texto próprio em prosa realmente de encher os olhos, Renata. Adorei! Abraços. Paz e bem.

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Muita esclarecedora nos comentários às tatoo's... óbvio que as minhas escolhas têm sempre algum senso quando as tatuo.

Bom findi

Luis Bento disse...

E a gente deixa-se levar pela sua escrita...e pela sensibilidade...